XIII Congresso Brasileiro de Neurocirurgia Pediátrica

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

VALOR PROGNÓSTICO DO SNP TP53 ARG72PRO NA SUSCEPTIBILIDADE AO DESENVOLVIMENTO E NA SOBREVIDA DE PACIENTES COM MEDULOBLASTOMA NA AMAZÔNIA BRASILEIRA.

Objetivo

Investigar o papel do polimorfismo de base única (SNP) TP53 Arg72Pro sobre o risco de desenvolvimento, prognóstico e resposta a terapêutica adjuvante em paciente com diagnóstico de Meduloblastoma.

Materiais e Métodos/Casuística

Foi realizado um estudo do tipo caso controle com 244 indivíduos, sendo 122 com diagnóstico de Meduloblastoma e 122 controles.
O estudo das variáveis epidemiológicas e comportamento clínico das neoplasias foi realizado através da coleta de informações de forma retrospectiva que constam do Registro Hospitalar de Câncer do Hospital onde o estudo foi realizado.
Foi realizada a extração, quantificação e amplificação do DNA através da técnica de PCR e realizado o sequenciamento genético das regiões de interesse dos polimorfismos em estudo (gene TP53).
As populações caso e controle foram testadas quando ao seu equilíbrio pela lei de Hardy-Weinberg. Para verificar se a distribuição dos genótipos dos SNPs era semelhante entre as duas populações e se a distribuição de idade, sexo, status vital, grau e subtipo tumoral eram semelhantes entre a população de pacientes foi utilizado o teste do Qui-Quadrado ou o teste Exato de Fisher (F), quando necessário. Para todos os testes foi considerado um nível de significância de 5%.

Resultados

Em comparação com Arg/Arg, que é o genótipo mais comum na população em estudo, tanto o genótipo Arg/Pro e Pro/Pro não influenciaram o risco de desenvolvimento de Meduloblastoma (OR = 1,36 e P = 0,339 para o genótipo Arg/Pro; OR = 1,50 e P = 0,389 para o genótipo Pro/Pro). Com relação ao prognóstico, a sobrevida livre de doença não foi significativamente diferente entre os genótipos SNP TP53 Arg72Pro (P> 0,05), porém o genótipo menos freqüente, Pro/Pro, foi associado a uma menor sobrevida global dos pacientes com Meduloblastoma (P = 0,021 ).

Discussão e Conclusões

Em conclusão, esta é a primeira análise do SNP TP53 Arg72Pro em pacientes com Meduloblastoma. Embora não tenha havido associação entre esta variação genética e o risco de desenvolvimento de Meduloblastomas, o genótipo Pro/Pro foi associado com menor sobrevida global nos pacientes submetidos à terapia adjuvante.
No entanto, devido à composição interétnica da população brasileira, estudos futuros com populações maiores de outras partes do mundo, serão essenciais para uma conclusão definitiva da função do Arg72Pro TP53 SNP, na susceptibilidade ao desenvolvimento de Meduloblastomas.

Referências bibliográficas

Crawford, J.R; MacDonald, T.; Packer, R. Medulloblastoma in childhood: new biological advances. Lancet Neurol 2007; 6: 1073–85.
Dumont, P.; Leu, J. I.; Della Pietra, A. C., 3rd, et al. The codon 72 polymorphic variants of p53 have markedly different apoptotic potential. Nat Genet, v.33, n.3, Mar, p.357-65. 2003.
Gilbertson, R. Paediatric embryonic brain tumours. biological and clinical relevance of molecular genetic abnormalities. Eur J Cancer, v.38, n.5, Mar, p.675-85. 2002.

Palavras Chaves

Meduloblastoma, TP53, Prognóstico

Área

Neurocirurgia Pediátrica

Instituições

HOSPITAL ONCOLÓGICO INFANTIL OCTÁVIO LOBO - Para - Brasil, HOSPITAL OPHIR LOYOLA - Para - Brasil

Autores

RAIMUNDO MIRANDA DE CARVALHO, SIMONE MENDES ROGÉRIO, ALEXANDRE MAUÉS DA COSTA, ROMMEL MARIO RODRIGUEZ BURBANO