XIII Congresso Brasileiro de Neurocirurgia Pediátrica

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

A evolução de uma criança com microcefalia submetida a tratamento através do método Therasuit: Um estudo de caso

Objetivo

Avaliar a evolução de uma criança com microcefalia decorrente do zika vírus, submetida a dois módulos de terapia intensiva através do método Therasuit.

Materiais e Métodos/Casuística

Trata-se de um estudo de caso. A coleta de dados foi realizada por meio de consulta do prontuário com os dados: identificação, avaliação e reavaliação clínica, e descrição do procedimento terapêutico. Paciente do sexo masculino, três anos de idade, submetido a dois módulos do método Therasuit no período de junho a dezembro de 2018 em uma Clínica de Fortaleza-CE. Em cada módulo, o paciente foi submetido a terapia intensiva, seguindo protocolo de relaxamento, liberação miofascial e alongamento passivo. Após esse processo, eram realizados exercícios de polia para fortalecimento, com a carga de peso adequada a seu peso corporal. Um intervalo de 10 minutos era realizado, voltando em seguida para os exercícios de solo, onde era submetido a procedimentos específicos para sua demanda, além de estimulação sensorial e visual.

Resultados

Após a realização dos módulos, a criança alcançou maior ativação motora no controle postural e de cabeça, contudo manteve-se uma baixa resistência na manutenção dessas posturas. Evidenciou-se maior impacto na organização sensorial da criança que tornou-se mais responsiva e menos irritadiça.

Discussão e Conclusões

As consequências da microcefalia dependem das anomalias fundamentais do cérebro, podem variar de atrasos leves no desenvolvimento a déficit intelectual e motor, como a paralisia cerebral. Entrou em evidência desde a associação ao zika vírus que ocorreu desde o surto do quadro em 2015. Essas crianças necessitam de abordagem multidisciplinar, havendo indicação para a realização de terapia intensiva, visando maiores ganhos e aquisições motoras e sensoriais. Para tanto, utiliza-se o método Therasuit, um método fisioterapêutico que se baseia em um intenso e específico programa de exercícios para o tratamento de pessoas atingidas por algum tipo de déficit cognitivo ou motor. A resposta clínica satisfatória leva a uma proposição de que a utilização do método traz benefícios na desordens neurológicas, do quadro clínico. Ressalta-se a necessidade de mais estudos clínicos a fim de comparar e comprovar a eficácia deste método neste tipo de anomalia.

Referências bibliográficas

VENTURA, C. V. et al. Zika virus in Brazil and macular atrophy in a child with microcephaly. The lancet, [S.L.], v. 387, n. 10015, p. 228, jan. 2016. Disponível em: <https://doi.org/10.1016/s0140-6736(16)00006-4>.Acesso em: 01 fev. 2019.
SCHULER-FACCINI, L. et al. Possível associação entre infecção pelo zika vírus e microcefalia - Brasil, 2015. MMWR Morb Mortal Wkly Rep 2016; 65: 59–62. DOI<http://dx.doi.org/10.15585/mmwr.mm6503e2>. Acesso em: 20 jan. 2019.
CHÁVEZ ANDRADE, Claudia Patricia; BOLAÑOS ROLDÁN, Ana Marcela. Efecto del traje terapéutico en la función motora gruesa de niños con parálisis cerebral. Revista Cubana de Pediatría, [S.l.], v. 90, n. 4, sep. 2018. ISSN 1561-3119. Disponible en: <http://www.revpediatria.sld.cu/index.php/ped/article/view/338/228>. Acesso em: 10 jan. 2019.

Palavras Chaves

microcefalia, therasuit,

Área

Áreas Afins

Instituições

Clínica Therapias - Ceara - Brasil

Autores

Jéssika Karoline Castro Lima, Ianna Ribeiro Oliveira Lemos, Emanuelle Jorge Magalhães, Mayara Diniz Costa Uchôa, Ranielly Muniz, Vanessa Oliveira Moura, Ana Wládia Barroso Soares, Elizabeth Correa Gurgel, Raquel Lima Souza Albuquerque