XIII Congresso Brasileiro de Neurocirurgia Pediátrica

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Efeitos da terapia intensiva em uma criança com paralisia cerebral diparética espástica, utilizando-se do Método Therasuit: Relato de experiência.

Objetivo

Descrever o efeito do tratamento intensivo, realizado com Therasuit, sobre a função motora de uma criança com diagnóstico de paralisia cerebral do tipo diparética espástica.

Materiais e Métodos/Casuística

Estudo do tipo relato de experiência, realizado em uma clínica privada de atendimento multidisciplinar na cidade de Fortaleza- Ce, no período de julho de 2014 à outubro de 2018. Os dados do paciente foram coletados por meio de uma avaliação terapêutica qualitativa em que se abordou a identificação, o exame clínico e os procedimentos terapêuticos através do método Therasuit. Os dados foram analisados à luz da literatura pertinente à temática, bem como, a partir da experiência vivenciada pelos pesquisadores. Foram respeitados os aspectos éticos e legais, conforme Resolução 466/2012 com consentimento livre e esclarecido dos responsáveis pela criança.

Resultados

Utilizou-se um plano de intervenção baseado nos princípios estabelecidos pelo método Therasuit, levando em consideração deficiências nas limitações funcionais e função motora grossa. Após quatro anos entre módulos e manutenções, puderam-se observar importantes ganhos de trofismo, alinhamento corporal, coordenação motora, qualidade na marcha e regressão na classificação GMFCS (Sistema de Classificação da Função Motora Grossa).

Discussão e Conclusões

A paralisia cerebral consiste em distúrbios de movimento e postura, que ocorrem no desenvolvimento do cérebro fetal ou infantil causando limitações na realização de atividades da vida diária. O método Therasuit é realizado com duração de sessenta horas, distribuídas em três horas diárias, cinco dias por semana. São realizados exercícios de polias de acordo com a necessidade do paciente, seguido de exercícios posturais e funcionais em solo, com o uso do Suit. A resposta clínica com o método Therasuit é satisfatória e leva a eficácia do tratamento de crianças com paralisia cerebral. Como limitação do estudo, pode-se ressaltar que há poucos estudos aprofundados que abordem tal condição neurológica com tais tratamentos específicos.

Referências bibliográficas

OLIVEIRA, Ana Cecília P. et al. Cerebral palsy in adult patients: constraint-induced movement therapy is effective to reverse the nonuse of the affected upper limb. A eficácia da terapia por contensão induzida em pacientes adultos com paralisia cerebral, [S. l.], n. 1, p. 18-21, 25 ago. 2015.

GÓMEZ, María Eugenia Serrano; UMBARILA, Julieth Andrea Forero; SÁNCHEZ, Lina Betzabe Méndez. Efectos de la terapia física intensiva sobre la función motora de un niño con hemiparesia espástica. Influencia del Therasuit en hemiparesia espástica, [S. l.], n. 3, p. 157-63, 16 set. 2016.

GRAVE, Flora Marina Batista; AGUIAR, Luan Rafael; RIBEIRO, Nildo Manoel da Silva. O Kinesio Taping no tratamento da paralisia cerebral. Fisoterapia Brasil,[S. l.], v. 17, n. 2, p. 158- 63, 02 mar. 2015.

Palavras Chaves

therasuit, paralisia cerebral, reabilitação intensiva.

Área

Áreas Afins

Instituições

Therapias Habilitação Pediátrica - Ceara - Brasil

Autores

Ranielly Muniz Muniz, Vanessa De Oliveira, Emanuelle Jorge Jorge, Mayara Diniz Costa Uchoa, Fernanda Jorge Jorge, Ana Wladia Barroso Soares, Elizabeth Correa Gurgel, Raquel De Lima Souza Albuquerque, Jessika Carolina De Castro, Ianna Ribeiro de Oliveira Lemos