XIII Congresso Brasileiro de Neurocirurgia Pediátrica

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Cauda humana associada a disrafismo espinhal oculta - relato de caso

Objetivo

Descrever caso disrafismo espinhal oculto associado a estigma cutâneo raro (apêndice cutâneo tipo cauda), com enfâse nos aspectos da ressonância magnética, histológicos e de manejo de tais lesões.

Materiais e Métodos/Casuística

Menina, 5 anos de idade, apresentando apêndice de pele semelhante a uma cauda de aproximadamente 6,5 cm de comprimento por 2 cm de diametro, na região lombar, não dolorosa, de fácil movimentação e de consistência macia, sem alterações no exame neurológico prévio.

Resultados

A ressonância magnética (RM) da coluna vertebral mostrou disrafismo espinhal na forma de espinha bífida, associada a apendice cutâneo, com conteudo lipomatoso. Foi submetida a tratamento microcirúrgico para exérese da lesão e exploração da espinha bífida oculta. Não foi oboservada continuidade com a dura-mater. O estudo histopatológico mostrou conteúdo lipomatoso, com vasos e nervos em seu interior.

Discussão e Conclusões

A espinha bífida é a anomalia coexistente mais frequente, tanto na cauda verdadeira como no pseudocauda. Essa distinção no exame clínico é sempre duvidosa. Dessa forma, o manejo dessas lesões deve incluir história e exame neurológico completo, bem como ressonância magnética. Após o diagnóstico, a microcirurgia deve ser realizada com exploração cuidadosa do disrafismo.

Referências bibliográficas

1- Singh DK, Kumar B, Sinha VD, Bagaria HR. The Human tail: rare lesion with occult spinal dysraphism - a case report. J Pediatr Surg 2008: 43, E41-43.
2- Belzberg AJ, Myles St, Trevenen CL,. The human tail and spinal dysraphism. J Pediatr Surg 1991;26:1243-5.
3- Spiegelmann R, Schinder E, Mintz M, et al. The human tail: a benign stigma. J Neurosurg 1985;63:461.
4- Dao AH, Netsky MG,. Human tails and pseudotails. Hum Pathol 1984;15:449-53.
5- Feridun A, Ersin E, Muzeyyen G, et al. A rare lesion and possible marker of intraspinal lipoma in adolescent and pediatric cases. WSJ 2006;1(2):84-7.

Palavras Chaves

Cauda humana, pseudocauda, lipoma, disrafismo oculto

Área

Neurocirurgia Pediátrica

Instituições

Hospital Infantil Nossa Sra da Glória de Vitória - Espirito Santo - Brasil

Autores

Walter J Fagundes, Rodrigo Rodrigo, Bruno E Toledo