XIII Congresso Brasileiro de Neurocirurgia Pediátrica

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

TNF-alfa e IL-18BP como potenciais biomarcadores neurológicos em pediatria

Objetivo

demonstrar a atuação da TNF-alfa e IL-18BP, em situação clínica de HIC de crianças portadores de hidrocefalia e lesões cerebrais

Materiais e Métodos/Casuística

Foram pesquisados 3 crianças (1 criança hígida, 2 crianças com paralisia cerebral), no momento da anestesia espinhal para cirurgia ortopédica, foram colhidos LCR e plasma. Outras 2 crianças, uma de 8 meses de vida e outra com 8 anos de idade, ambas tinha diagnóstico de hidrocefalia comunicante com obstrução DVP. Durante a revisão de DVP, foram coletados plasma e LCR e aferido coluna de LCR. Os pacientes foram avaliados quantos a dados demográficos, escalas de Glasgow dependente da idade, escala de avaliação neurológica global (Pediatric Cerebral Performance Category - PCPC). As amostras foram acondicionados em freezer até análises. Para análise das citocinas TNF-alfa e IL-18BP, foi realizado teste ELISA.

Resultados

Os níveis considerados basais de citocinas foram do paciente hígido: no LCR, TNF-alfa: 234,46 pg/mL e IL-18BP: 3.399,96 pg/mL, e no plasma TNF-alfa: 189,06 pg/mL e IL-18BP: 1.975,90 pg/mL. Os pacientes com paralisia cerebral eram do tipo espástica, tinham certa variações nos níveis de citocinas. As variações encontradas no plasma entre este 3 pacientes poderiam ser explicadas por qualquer distúrbio no vida uterina ou recém-natal pode gerar alterações do sistema imune do SNC para toda vida. Os paciente submetidos a revisão de DVP sob sinais clínicos e tomográficos de HIC, a criança de 8 anos sofreu alterações neurológicas mais agudas que o lactente. Durante a cirurgia, apresentava 15 cm de LCR. No pré-operatorio, a escala de PCPC era 4, e de Glasgow era 3 sob VM, após 2 dias de DVP, estava plenamente recuperado. Já o lactente de 8 meses, observou-se PIC de 20 cm de LCR. No 1,5 dia de pós-operatório, o paciente teve excelente evolução. O paciente de 8 anos apresentou seguintes níveis de citocinas, no LCR, TNF-alfa: 243,54 pg/mL e IL-18BP: 3.596,44 pg/mL, e no plasma TNF-alfa: 376,72 pg/mL e IL-18BP: 4.036,20 pg/mL; no 2º dia pós-operatório, as concentrações plasmáticas foram, TNF-alfa: 328,79 pg/mL e IL-18BP: 3.819,13 pg/mL. E o lactente de 8 meses apresentou os seguintes níveis, no LCR, TNF-alfa: 369,65 pg/mL e IL-18BP: 3.923,92 pg/mL, e no plasma TNF-alfa: 254,64 pg/mL e IL-18BP: 3.923,92 pg/mL.

Discussão e Conclusões

A compreensão do processo inflamatório e a “cicatriz” imunológica são entidades novas da neurologia pediátrica.

Referências bibliográficas

Palavras Chaves

Citocinas, Pediatria, Hipertensão intracraniana

Área

Neurocirurgia Pediátrica

Instituições

hospital infantil albrt sabin - Ceara - Brasil

Autores

washington aspilicueta pinto filho, lara de Holanda Jucá silveira, pedro de sá cavalcante ciarlini, carlos eduardo barros juca, mariana lima vale