XIII Congresso Brasileiro de Neurocirurgia Pediátrica

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Encefalocele e adversidades na terapêutica neurocirúrgica: uma revisão bibliográfica

Objetivo

Relatar a formação da encefalocele e as adversidades de sua intervenção neurocirúrgica.

Materiais e Métodos/Casuística

Trata-se de um estudo de revisão da literatura realizada no período de 2010 a 2014, com base na seguinte pergunta norteadora: como se dá a formação da encefalocele e quais são as adversidades da sua intervenção neurocirúrgica? A pesquisa foi realizada inicialmente com a procura do descritor encefalocele no DescBVS. Logo após a obtenção do mesmo, foi realizada uma pesquisa de informações utilizando o Scielo, onde foram filtrados para sua utilização na íntegra 2 artigos.

Resultados

Os defeitos do fechamento do tubo neural são malformações congênitas que ocorrem no período embrionário e se apresenta de diversas maneiras, entre elas, o encefalocele. Este, é um defeito que se origina por um mau encerramento da placa embrionária ao nível do neuroporo anterior. O mesmo se caracteriza por uma herniação do tecido cerebral e meninges ou somente herniação das meninges através de um defeito na calota craniana. O fechamento desta se dá pelas 10 semanas de gestação, quando já é possível o diagnóstico pré-natal na maioria dos casos. A intervenção neurocirúrgica deve ser indicada na maioria dos casos, exceto se a lesão for maciça e houver microcefalia grave. Esta intervenção deve ser feita no período perinatal, para evitar ulcerações e perda ou contaminação do líquido cefalorraquiano. A morbidade e mortalidade desta neurocirurgia é alta, apesar das melhorias com a técnica cirúrgica. Aproximadamente um terço vai a óbito e, dos sobreviventes, a metade não tem déficit cognitivo, mas tem déficit motor e os demais têm déficit motor e cognitivo. Além da intervenção neurocirúrgica, existe a possibilidade de prevenção com o uso de ácido fólico e ferro.

Discussão e Conclusões

Apesar da indicação neurocirúrgica na maioria dos casos, esta não é livre de sequelas para o paciente, ressaltando-se a importância das medidas de prevenção.

Referências bibliográficas

CARVALHO, R. L.; DAVINI, R. V.; DA SILVA, K. D. Treino Sensório Motor em Criança com Encefalocele. Pensamento Plural: Revista científica da UNIFAE, São João da Boa Vista, v.4, n.2, 2010.
ROCHA, I.; NOGUEIRA, R.; GODINHO, C.; VALENTE, F. Diagnóstico Precoce de Encefalocelo Frontal Fetal – Caso Clínico. NASCER E CRESCER revista de pediatria do centro hospitalar do porto 2014, vol XXIII, n.º 4.

Palavras Chaves

encefalocele; intervenção neurocirúrgica; prevenção.

Área

Neurocirurgia Pediátrica

Instituições

Faculdade Santa Maria - Paraiba - Brasil

Autores

Mariane Estevão Teixeira, Rízia Ferreira Cavalcante, Luanna Ferreira Cavalcante, Kayo Fernandes Florencio, Ayli Micaelly Silva, Ayana Formiga Cartaxo, Ayslane Patrícia Macedo